Quarta-feira, 29 de Dezembro de 2010
Mais um exemplo do software livre
O Governo russo aprovou este mês um plano para passar a utilizar software livre em todos os organismos do executivo federal e agências financiadas pelo orçamento federal, num processo que terá inicio já em 2011.

De acordo com a calendarização divulgada a migração completa deverá acontecer até ao final de 2015. No terceiro trimestre de 2011 devem estar aprovadas as especificações dos fomatos de dados e um dos pontos mais interessantes do projecto terá início já no segundo trimestre de 2012, com a criação de um repositório de software, não só do sistema operativo baseado em Linux mas também de aplicações open-source.

O abandono dos sistemas proprietários inclui também a área de servidores, que passam a recorrer a soluções open-source, avançam vários meios internacionais com base no documento divulgado hoje.

O documento, que é composto por um calendário de 25 pontos e pela ordem assinada pelo Primeiro-ministro Vladimir Putin a 17 de Dezembro, apresenta uma cronologia detalhada dos vários passos a seguir, por cada agência, durante o processo de transição. A calendarização é facultada pelo site de notícias russo CNews, que fornece um linkpara uma versão traduzido com o Google Translate.

A migração será feita por sectores, para evitar uma alteração radical no funcionamento de toda a Administração russa, com cada ponto do documento a estabelecer as acções a implementar, a data e o resultado que se espera obter.

O Governo espera, com as alterações, poupar nos custos com as soluções informáticas do Estado Federal e promover o desenvolvimento e inovação, tirando partido do software livre.

A estratégia segue uma tendência que tem conquistado adeptos entre vários executivos. Portugal é um dos países onde a proposta tem vindo a ser discutida, com partidos da oposição como o BE ou o PCP a defenderem uma maior aposta nas soluções de código aberto e a associação do sector a afirmar que a opção poderia valer ao Estado português uma poupança de 80 milhões de euros em software.

Em minha opinião gostaria que no sector da educação se progredisse mais neste âmbito e não fazer "tantos" acordos com empresas de software proprietário.

Fonte TeK.Sapo


.mais sobre mim
.pesquisar neste blog
 
.Janeiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
13
14
15

17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.posts recentes

. Wikipedia - 10 anos

. Para os meus colegas educ...

. Remover ruído com o Audac...

. Concurso Gigabyte Seguro:...

. Sintel - Animação 3D - Op...

. Apresentação do Projecto ...

. Cortar e recortar no Yout...

. Conferências Online - As ...

. Redes Sociais na Internet

. Vídeo - jogo

.arquivos

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

.tags

. todas as tags

.participar

. participe neste blog

blogs SAPO
.subscrever feeds